Carregando

YouTube Kids: App de vídeos é voltado para crianças entre 2 e 8 anos


9 de novembro de 2018

Por Talita Moretto

Evitar o acesso de crianças a dispositivos móveis não é uma tarefa fácil para os pais. Como os adultos estão o tempo todo manuseando smartphones, as crianças já percebem que o aparelho faz parte da rotina da família, despertando nelas a curiosidade e a vontade de também utilizar o dispositivo. E não podemos esquecer que vivemos em uma sociedade tecnológica; é importante acompanhar os progressos. Restringir o que de fato é real e presente na vida da criança pode não ser a melhor opção, pois fora do âmbito familiar ela irá buscar respostas e meios para ter acesso à tecnologia que lhe desperta tanto interesse. Portanto, a sugestão é permitir sim o acesso, mas com restrições e controle.

Você conhece o YouTube Kids? 

É um aplicativo da Google com conteúdo voltado para crianças entre 2 e 8 anos de idade. Diferente do aplicativo tradicional do YouTube, esse permite o gerenciamento de acessos e restringe conteúdo impróprio à faixa etária.

É necessário instalar o app (no celular ou tablet) e criar um perfil – para cada criança da família (se houver mais de uma). O gerenciamento inclui controle do limite de tempo de uso, selecionar vídeos e desabilitar a função de pesquisa – se habilitada, a pesquisa funciona por digitação ou comando de voz.

O aplicativo possui um visual agradável com animais, personagens e muitas cores. O menu é atrativo e permite navegar por séries e músicas, salvar favoritos e conferir as recomendações – que são com base nos vídeos acessados.

O YouTube kids chegou ao Brasil em junho de 2016 e sua instalação é gratuita. Está disponível para Android e iOS.

No Colégio Sepam, os professores da Educação Infantil e do Ensino Fundamental I utilizam muito o YouTube Kids em sala de aula para complementar o conteúdo, e até em momentos de descontração.

 

DICAS PARA USO DE DISPOSITIVO MÓVEL

 

As crianças têm facilidade para manusear os equipamentos eletrônicos, mas mesmo com essa habilidade os pais conseguem ter controle sobre o uso. É possível compartilhar o mesmo dispositivo móvel entre adultos e crianças seguindo algumas ações básicas, tais como:

  • Colocar uma senha para acesso à loja de aplicativos.
  • Bloquear a instalação e até a desinstalação de aplicativos.
  • Criar pastas seguras com senhas e nelas deixar os aplicativos que não devem ser acessados pelas crianças.

Além disso, é importante ter alguns cuidados com a saúde da criança, tais como:

  • Definir horários de uso. De preferência, nunca antes de dormir.
  • Definir o tempo de acesso. Não deixar a criança por horas com o dispositivo.
  • Cuidar com a postura. Procure acomodar a criança em uma posição onde o pescoço não fique inclinado para baixo.
  • Atenção para a distância entre os olhos e a tela. Não deixe o dispositivo muito próximo do rosto da criança.

 

Talita Moretto é Gerente de Tecnologia Educacional no Colégio SEPAM – Ponta Grossa-PR. Mestre em educação e tecnologias digitais pelo Instituto de Educação da Universidade de Lisboa (Portugal), atua nas interfaces mídia-educação e tecnologias-educação desde 2008. É idealizadora e diretora do Sala Aberta – Criatividade, Liberdade e Inovação (salaaberta.com.br).

Você está pronto para ser calouro?

SEPAM VESTIBULARES

EU ESTOU PRONTO

Notícias

Fique por dentro do Sepam!

Páscoa Solidária atenderá a mais de 20 instituições de Ponta Grossa

18 de abril de 2019

Ação do Colégio Sepam e da Rota da Fraternidade entrega chocolates para sete mil crianças

Durante esta semana, milhares de crianças e adolescentes de 20 instituições educacionais e...

SAIBA MAIS+

Alunos do SEPAM disputam Festival Nacional de Xadrez

18 de abril de 2019

Depois de garantir o 1º lugar geral no paranaense, enxadristas almejam a vitória nacional

Entre os dias 18 e 21 de abril, os enxadristas do Colégio Sepam participam do Festival...

SAIBA MAIS+

Ciências: Alunos do 4º ano simulam uma erupção vulcânica

12 de abril de 2019

Bicarbonato de sódio, vinagre e corante alimentício. Utilizando esses “ingredientes” caseiros juntamente com argila e garrafa pet os alunos do 4º ano do Ensino Fundamental do Colégio SEPAM fizeram...

SAIBA MAIS+
Ver mais notícias

Fale conosco

Siga-nos nas redes sociais e fique por dentro do mundo Sepam